domingo, 21 de maio de 2017

Diário de oração

Como um vento, como um terremoto, o Senhor vem...
Tão certo como a alvorada, tão belo como um sol, Ele vem.
E eu só quero estar acordada para ver Sua glória, sob a palma de Suas mãos.
Ele vem, de um jeito novo ou já conhecido, para me surpreender outra vez. E eu quero estar sempre a esperar, como a noiva pelo amado, sempre alerta e pronta para O encontrar.
E eu esperarei, e orarei mais uma vez. Eu não vou desistir nem me contentar... Por que há mais quando eu despertar!

Mayara Torroglosa Di Salvo
05/07/2016

Autoral III


Intimidade

Na porta do banheiro
Um "bom dia" e um minuto
Parado, olhando, sentindo o cheiro
Gravando o momento: 
Lápis no olho, perfume no pulso
Caixinho bem feito.
Sorrio ligeiro e pergunto
"Que foi?"
Responde "Não sei, só gosto de ver,
Olhar o contorno, amar o que sinto,
Que beijo, que ouço"

Café em silêncio, beijo na testa
Nó na garganta
Saiu pro trabalho
Mas no peito a vontade
De curtir a vida à dois.


Mayara Torroglosa Di Salvo
12/08/2010 - 10/11/2012 (fim)

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Depois de algum tempo...

... Eu resolvi escrever. 
Não pensando em quem pudesse ler, mas pela prosa e poesia, pela estranha sinfonia das palavras singelamente fluindo.

É que com o tempo a gente perde o ritmo, perde a métrica, perde a rima. Perde tudo, menos a beleza... A beleza continua aqui, procurando uma brecha pra fugir e se espalhar.
E o que mais a gente precisa além disso?
Na vida a gente perde tudo. Perde os dias, perde a fé, perde o canto e o amor... A gente só não pode perder de vista a beleza que existe na dor. Porque é aquilo que é belo que faz a gente andar, não desistir, perseverar. 
E é só quando a beleza se espalha, como as cores em um dia de sol, que a gente retoma aquilo que se perdeu. A gente acha de novo a graça nos dias, na fé, no canto e no amor... A gente nasce de novo e inventa um ritmo, que rime com o velho riso que se escondeu e foi achado.


terça-feira, 16 de maio de 2017

Autoral II

Sim, senhor

Não se dá valor ao sol e calor
Se a pele branca ele nunca tocou
Pouco vale o riso contínuo
Se nunca houvesse o pranto

Hoje o meu tempo é luz
Onde já houve trevas
A sensatez reservo a momentos exatos
E na outra maioria me permito

Pois só me permitindo posso dar valor
Ao riso, ao pranto, à luz e ao dia
Caso contrário viverei à sombra
Do que poderia ter sido e não fui.





Mayara Torroglosa Di Salvo
26/09/2009 - 17 anos

Autoral

Cartas

Escritas com ternura, saudade e amor
Escritas à mão, com tinta e pena
Entregues em duros "tempos de helena"
Destinadas aos maridos e filhos em dor

Com selo, em mãos ou garrafa
Nada se compara ao prazer
De se receber uma carta e ler
O que outro pra ti desabafa

Refúgio da mente, diário pro mundo
Carinho pra poucos, mensagens ao fundo
Dúvidas, traumas, amor, pessoa

Quem escreve uma carta voa
Se entrega, desaba e remói
Se entende, alegra e reconstrói.


Mayara Torroglosa Di Salvo
11/10/2008 - 16 anos

domingo, 14 de maio de 2017

Lições sobre o amor

Deus nos ensina coisas das mais diversas formas, pelos mais distintos meios... Mesmo não tendo vivido profundos relacionamentos amorosos, ao longo dos anos, Deus tem me ensinado inúmeras lições para que eu reconheça o amor que Ele tem preparado pra mim.
Ele tem ajustado os meus óculos, tem me mostrado em que direção andar e olhar para que eu o possa ver e ele possa, enfim, me encontrar.
Eu não guardei comigo as minhas decepções, resolvi colecionar lições, e as quatro mais valiosas são essas:

1) Escolha alguém que ama você.
Não importa quantos motivos você der para aquele cara gostar de você, não importa quanto amor você plantar... Você não vai colher esse amor de volta.
Você precisa ser, antes, escolhida por ele.
Talvez, uma mulher possa reconsiderar seu interesse por um cara qualquer, se ela achar que ele merece uma segunda chance. O "não" de uma mulher nunca é definitivo, mas é improvável que um homem volte atrás quando decide que não se interessa por uma mulher. 

2) Escolha alguém que possa te liderar espiritualmente.
Poucas coisas seriam tão triste quanto você desejar buscar e servir a Deus, e não conseguir por falta de um parceiro que te acompanhe e lidere nisso... 
Nenhum sucesso terreno compensa o fracasso em cumprir nossa missão celestial na terra.

3) Escolha alguém por quem você se sinta atraída e apaixonada.
Talvez a atração aconteça logo, talvez ela seja uma crescente com o envolvimento: a ordem dos fatores não altera o produto. Se não vivermos essa paixão teremos para sempre o fantasma do "e se..." rondando nossas mentes e corações.
Paixão é um fator essencial! Não é eterno ou imutável, mas ele precisa estar ali, nem que seja para depois chegarmos à conclusão que isso não é o mais importante...

4) Escolha o tipo de relacionamento que você quer ter, e não o tipo de pessoa com quem você quer estar.
Tanto faz se a pessoa corresponde ao seu check list de um "par perfeito"... Aparência, profissão, ministério, vida social, estudos, família, etc., claro que são itens importantes a se avaliar, mas não é tudo. Às vezes, ele é uma pessoa ótima, mas que não tem nada a ver com você! Às vezes, você o admira porque não tem as características que ele tem, mas exatamente por não ter, fica difícil encontrar algo em comum - sobretudo quando a paixão passar.

Não há nada melhor do que amar e ser amada pelo seu melhor amigo


quinta-feira, 27 de abril de 2017

Carta aberta ao futuro amor da minha vida


São José dos Campos, 26 de abril de 2017.

Oi,

Eu sempre amei cartas de amor, já escrevi algumas para pessoas que não mereciam muito... Mas eu espero que dessa vez eu não erre o destinatário. 
Eu tenho te esperado a minha vida toda, já te idealizei e te desconstruí milhares de vezes, já te confundi com muita gente, já desisti de você e depois desisti de desistir. Enquanto eu te esperava, eu não fiquei parada: Fiz faculdade, estudei pra valer, morei em outra cidade, fiz amigos, cuidei de mim, do meu corpo e da minha mente. Eu ri até a barriga doer e chorei um pouco mais do que eu gostaria. Eu servi a Deus como eu sei que não poderei fazer em todas as fases da minha vida, eu O amei e O busquei enquanto pude achar... Eu tentei compreender mais sobre Ele, mais sobre mim e o que Ele pensa a meu respeito.
Eu aprendi a ser só, a gostar da minha própria companhia e ir ao cinema sozinha sempre que eu tiver vontade. Eu li mais livros do que podes imaginar, e menos do que eu gostaria. Eu resolvi minhas pendências emocionais com meus pais. Eu comecei a aprender a cuidar da casa e lavar minhas próprias roupas sem manchá-las (mas eu ainda não estou expert, já vou avisando!). Eu decidi mudar meus hábitos alimentares, e fazer minha própria comida com mais prazer... Eu estou aprendendo a usar temperos diferentes, que eu mesma colho no meu quintal.
Eu decidi ser feliz antes mesmo de você chegar, porque eu entendi que você não pode ser responsável pela minha felicidade, e percebi que eu fico muito mais bonita e gosto muito mais de mim com um sorriso no rosto.
Eu aprendi que você não vai ser um "prêmio" pra mim só porque eu me mantive pura ou tive um bom comportamento, e que você não vai chegar de cavalo branco pra me salvar das minhas mazelas. Eu entendi que você vai vir, assim, bem imperfeito, que é pra me testar... E tudo bem! Pensando bem, eu até tentei "ser a pessoa certa" pra você, mas eu nunca vou conseguir ser perfeitamente como você quer também. 
Sabe, mas tem algumas coisas que eu espero de você... Espero que você me respeite, e me defenda se precisar. Que seja sincero, mesmo se a notícia não for muito boa. Espero que você me deseje, mesmo que eu não tenha um corpo escultural, e que tente me mostrar a minha beleza quando eu estiver de mal comigo mesma. Espero que você decida me amar e me cuidar quando eu menos merecer, porque é dessa forma que Cristo trata a sua igreja.
Eu sei que você vai falhar, sobretudo no início... Tudo bem. Eu sei que você não está pronto, e eu também não estou. Não tenha medo. Eu estou decidida a te servir e te respeitar mesmo nos piores dias. Só não esquece que, sem querer, eu também posso falhar. Vamos combinar assim?: Não desiste de mim, que eu não desisto de você. Uma hora a gente vai se acertar...
Eu espero que a gente seja amigo, que a gente se divirta muito juntos, tenhamos bons amigos e cultivemos gostos e programas comuns. Que a gente se esforce pra se envolver e se dar bem com a família do outro, mesmo que não concorde com um monte de coisas. Espero que você se interesse pela minha história, por quem eu sou e quem eu quero ser... Eu quero conhecer você só de olhar.
Eu prometo não ser uma doida consumista, nem gastar nosso dinheiro de forma egoísta, mas - por favor - não goste mais do seu trabalho do que de mim. Ame o que você faz, procure fazer o que você ama. Mas deseje (ainda que nem sempre consiga) voltar logo pra casa todos os dias... Eu quero fazer do meu abraço o seu lar.
De todo o meu coração, eu gostaria que você me liderasse espiritualmente, e não me deixasse acomodar. Não me deixe esquecer de orar e de ler a Palavra, ore comigo, ore por mim! Eu sei que meu maior ministério é cuidar de nossa família, mas me desafie a me envolver com a igreja e a cuidar dos que precisam da gente... Eu quero te fortalecer também, te acompanhar, te aconselhar. Eu não vou te pedir pra deixar seu ministério! Não pare. Quando você desanimar, prometo te segurar e puxar pela mão...
Que o objetivo do nosso namoro e casamento seja glorificar a Deus, e que a gente vá ficando cada vez mais parecido com Cristo, e as pessoas se acheguem a Ele quando virem nosso testemunho fiel.
Eu não sei se eu estou pronta, às vezes eu acho que ainda sou uma menina. Me ajude a ser uma mulher de verdade... Depois de construir e desconstruir tanto a imagem de nós dois, eu não sei se eu pintei o quadro certo, mas você pode dar os retoques que você quiser, a casa é sua também! Fale comigo, me explique, me mostre, eu vou tentar entender. Só não me deixe no silêncio escuro sem saber o que há de errado... Eu não tenho bola de cristal, e eu sei que você também não. Eu vou falar também!
Eu só espero que a gente ame mais a Cristo do que um ao outro, e mais um ao outro do que a nós mesmos... Não me faça seu ídolo, nem me deixe fazer de você o meu. Não me oprima, não me esqueça. Me coloque, assim, no lugar que eu pertenço: sob seus braços, junto ao peito e coração.

Com amor, 
Sua Mayara



domingo, 2 de abril de 2017

Nota de rodapé

Mas no princípio da criação Deus ‘os fez homem e mulher’.
‘Por esta razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, 
e os dois se tornarão uma só carne’. Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. 
Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe". 

Marcos 10:6-9


Deus quem une.
Não há acaso ou habilidade/inabilidade sobre isso... Ele é Soberano em todas as coisas.

Aquele que não poupou a seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com ele, e de graça, todas as coisasRomanos 8:32

domingo, 26 de março de 2017

Diário de Oração


Senhor, faz-me lembrar das Tuas Palavras: Ecoa cada uma delas em minha mente e no meu coração.
O Senhor me amou, me escolheu para ter um relacionamento íntimo com Ele, quando eu ainda nem existia... Com uma graça indizível me acolheu para si e me amarrou com cordas de amor. Deu-me graça para suportar e para prevalecer, graça para fazer o bem e para cumprir Teus santos mandamentos. Nada que eu faça é por mérito próprio de uma natureza irrepreensível... Meu ser tem Te traído desde o Éden, mas o Teu amor me resgatou de um trágico fim.
Graças eu te dou pelas suas misericórdias que se renovam todas os dias. Eu te louvo pela sua bondade e fidelidade para comigo. Viverei todos os meus dias para Ti.
Lembra-me, Pai, quão limitada sou. Lembra-me que ao me tornar uma mulher sábia, nada pode somar-se aos meus próprios méritos... O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, do Senhor vem todos os bons conselhos. Nenhuma boa obra, nenhuma aparência de piedade, nada dá-me o direito de ser amada por Ti, ou por homem qualquer.
Concede-me, Senhor, a graça de ser amada por um homem que tenha semelhante graça incondicional de meu Senhor Jesus Cristo: Que conheça meus defeitos e permaneça ao meu lado, que me ame antes e apesar dos meus pecados. Que veja além da minha beleza, e ainda me queira mesmo quando ela tiver ido embora... Que ele me olhe com olhos de amor e me escolha dentre tantas outras melhores que eu.
Que eu jamais O traia, Senhor, fazendo do meu amor um ídolo diante de Ti. Que eu O ame mais do que a mim, mais do que a ele, mais do que tudo... Que eu veja o Senhor nos olhos do meu amado, e em cada momento de sua vida piedosa e que ele me leve a Ti, todos os dias.

Em nome de Jesus,
Amém

quarta-feira, 8 de março de 2017

Confiança



Confiança
Projeto Sola
  
Pai, Deus poderoso tem compaixão de mim
Preciso da tua graça abundante aqui
Quebra o meu coração e salva-me de mim
Faz-me bem aventurado em ti

Pai, Deus de justiça, misericórdia e amor
Confesso que me afastei, me esqueci de ti
Eu não sou mais que os outros, me ensina a ver quem sou
Faz-me doar ao invés de possuir

Esvazia o meu ego, enche-me de ti
Ajuda-me a confiar mesmo quando a confiança me faltar
Ajuda-me a enxergar mesmo
Quando o meu olhar falhar

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Sobre os amores que eu perdi (ou não)


Eu costumo contar à maioria dos meus amigos as desilusões épicas da minha vida amorosa. Alguns deles gostam tanto da forma e detalhes que dizem que minha vida deveria virar uma novela... Mexicana, creio eu. (risos) Mas hoje, refletindo sobre minha própria história, eu - de repente - fui levada a pensar que talvez eu não tenha perdido tanto assim. E é, exatamente, porque eu não quero esquecer essa perspectiva que eu escrevo sobre ela aqui... Eu não quero me esquecer da paz que me inundou quanto a esse assunto.
Vamos lá! Façamos uma breve retrospectiva (sem citar nomes, para evitar o vexame)...

Antes de minha conversão aos 17 anos
Eu era apenas uma menina.
Foram os anos que mais fiz amizades relevantes na vida, amigos tais que eu trago até hoje comigo... Talvez, eu não os teria se tivesse perdendo tempo namorando qualquer um.
Além disso, na primeira fase da adolescência, minhas paixões eram totalmente platônicas e eu sequer sofria por elas. Fase gostosa! Esperava o garoto charmoso passar em frente à minha janela, sonhava em reencontrar com o amor das férias, vivia paquerando via MSN o primo da amiga, fugia do "namoradinho" do bairro só por medo de a minha mãe descobrir... hahaha Não dá pra dizer que foi uma fase ruim.
Já na segunda fase da adolescência (após meus 15 anos), eu - de fato - perdi algumas oportunidades... Como aquele amigo que me ligava às 3h da manhã e eu nem me importava, que me irritava e eu gostava, mas que não cria em Deus e tinha certa aversão à religiosidade. Eu, já às vésperas da minha conversão, quis evitar sofrimento e desgaste rejeitando o pedido de namoro. Essa talvez tenha sido minha primeira renúncia por Cristo, primeira escolha pela  minha comunhão com o Eterno ao invés dos prazeres deste mundo.
Eu não me envergonho dessa escolha... Claro que eu me pergunto se ele não teria se convertido, se eu não teria apenas ganhado boas experiências com isso, sem nada a perder, mesmo que não desse certo. Bom, eu nunca vou saber! E, mesmo assim, eu não me arrependo.
Depois, teve dois caras lerdos demais pra tomar alguma atitude mesmo sabendo que eu tava super afim. O primeiro é indesculpável, diante do fato de que eu fiz tudo o que pude. Com o segundo, eu fui mais lerda, é verdade... Fiquei com medo, pensando se eu não tava doida em achar que um cara legal daquele tava mesmo me dando mole. Perdi o time... Pena.
Mas, sabe, quando eu penso nos garotos que surgiram antes da minha conversão, eu penso que Deus me guardou de ter relacionamentos destrutivos. Não por me livrar das outras pessoas, mas por me livrar de mim mesma... Ao longo do meu relacionamento com Cristo eu fui curada de feridas que eu jamais supus que eu tivesse, mas que estavam ali o tempo todo. 

Depois da minha conversão aos 17 anos
Eu me lembro de ter chegado à igreja louca para encontrar alguém... Me lembro de pensar que Deus tinha alguém predestinado para mim, e que misticamente - em meio a profetadas e orações poderosas - eu iria descobrir quem era. Coisa de neófito.
Me apaixonei pelo ministro de louvor... Que previsível!! hahahahaha Só por aí já dá pra saber no que deu. Obviamente que eu não era correspondida: era loucura de nova convertida. Quem nunca viveu isso que atire a primeira pedra! hahahahahahaha (só rindo pra esquecer o vexame)
Tive alguns risíveis amores na faculdade, um mais marcante do que os outros. Por esse eu chorei, mas pela segunda vez escolhi pelo amor do Eterno... Ele era cético quanto a Deus, e eu não poderia viver uma vida de louvor e santidade ao seu lado. Ele estava se formando, e - de qualquer forma - seria um envolvimento passageiro... Não trocaria o certo pelo duvidoso, nem o eterno pelo efêmero diante disso.
Me interessei por um amigo cristão de uma cidade próxima, e esse eu nunca entendi porquê não deu certo. Sério. hahahaha Mas não deu... Alguns anos depois, antes mesmo de eu me formar, vi que ele não era tão entregue a Deus quanto eu pensei que fosse. Talvez essa seja a minha melhor explicação: Que Deus me livrou do lado dele que eu não conhecia.
Aí teve aquela "pedra no sapato", aquele amor que durou 3, 4, 5 anos... E, mesmo sem querer, ainda hoje eu sonho/tenho pesadelos com ele. Idiota fui eu, que gostei de quem nunca gostou de mim. Não dá pra me justificar: Foi burrice mesmo.
Mas eu não posso negar que, por causa dessa paixão, eu me guardei durante a faculdade... Deus, em sua sabedoria, usou minha vida para interceder por ele, para sua conversão verdadeira, para sua proteção e alento, e eu sei que minhas orações não foram vãs. Usou essa paixão aparentemente inútil para me guardar de me envolver emocional e fisicamente com outros garotos que me levariam mais facilmente a pecar. Apesar de não ser um cristão exemplar, este -  ao menos -  me respeitava.
Entre aqueles que se interessaram por mim, houveram alguns... Nenhum deles eu correspondi.
O primeiro, me levou pra sair inúmeras vezes, cheguei a orar para Deus me ajudar a discernir quem era ele e se deveria investir no relacionamento. Descobri que ele não tinha condições de me liderar espiritualmente, que tinha um caráter duvidoso e, sinceramente, eu não conseguia me apaixonar de verdade por ele.
O segundo, apesar de parecer ser homem de Deus, escondia algo. Sabe aquele cara que quer ser perfeito? Morava em outra cidade, e eu demoraria um bom tempo para descobrir no que estava me metendo... Ao menos o sotaque dele ao telefone era gostoso de ouvir, disso eu gostava.
O terceiro e quarto, eram igualmente meus amigos, servos de Deus como eu não poderia por defeitos... Mas eu não consegui me envolver, simples assim. Faltava atração por um, atitudes do outro, e maturidade de minha parte.

Seja como for, recontar minhas desilusões amorosas me levam a pensar que, estatisticamente, ao contrário do que minha baixa auto estima diz, mais da metade das pessoas por quem eu me interessei, também corresponderam de alguma forma... Eu não sou tão desinteressante assim, nem tão pouco desejada como às vezes chego a pensar.
Além disso, mesmo desejando estar com essas pessoas, esses relacionamentos não foram adiante porque de alguma forma me separavam de uma vida totalmente entregue a Deus, e eu deliberadamente decidi não seguir adiante... Quanto aos homens de Deus que eu considerei a possibilidade de me relacionar, eu só posso atribuir à soberania Dele a ausência de sentimentos de minha parte. Só Ele sabe o quanto eu quis que desse certo, e o porquê nunca consegui.

Eu só posso concluir que, como eu sempre quis, o meu coração tem Um só dono, Um só Senhor... Eu demorei a perceber, mas é essa paz de pertencer que eu quero manter intacta. Não a dor de ser rejeitada, nem a frieza do meu próprio coração, mas o calor que o amor de Deus me trouxe todas as vezes que eu disse "não", me lembrando que eu ainda estou só, não por não ser amada por alguém, mas porque Ele tem planos melhores do que os meus.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Desejos

Eu ligo o computador. Procuro incansavelmente músicas que digam o que está entalado em minha garganta... Sem sucesso. Desligo o pc.
Ligo o computador novamente. Quem sabe se eu digitar sem propósito algum, as palavras sejam vomitadas como alguém que, sem esperanças de que a ressaca passe logo, enfia o dedo na garganta e provoque o golfo... Assim é mais fácil dormir.
As coisas não estão dando muito certo. Existe uma sonhadora dentro de mim que é forçada dia a dia a ser realista... Sem planos mirabolantes, sem paixões a flor da pele, sem riso de doer a barriga, sem grito, sem muito, sem "tudo ou nada". Sem viagem a Roma, sem amor verdadeiro, sem dinheiro no bolso e sorriso sem fim.
Ah! Esse amor que não chega! Dá até medo de pensar que não vem... Vai ver ele pegou o ônibus errado. Volta de uber, amor! Vê se não encontra outro alguém no caminho, vê se não esquece de mim.
Mas até lá, Deus, mande os amigos, me ensine a ser só, me ajude a por o pé na estrada. Me ensine a dar vida pros dias, a sonhar com o que dá!
Eu não nasci pra ser cinza, eu já cansei do sofá, eu quero rir com vontade e continuar a sonhar. Eu quero mais poesia, mais rima... Quero dança livre e música alta. Eu quero quem sinta minha falta.
Eu quero amor, amar, sonhar e sonhar.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Desabafo


Você me liga, manda uma mensagem e me estraga o dia.
Logo você, que nunca me procura para um passeio, uma conversa amiga, sequer para me dar "bom dia", começa a prosa com bronca e cobrança, me acusa como se a culpa fosse me aproximar de você, ao invés de afastar.
Você me ama, eu sei, mas quem disse que brigas de amor não dói, não sabia o que estava dizendo.
Se eu não soubesse o quanto o ódio e o amor estão ligados, poderia dizer sem culpa que te odeio por tudo o que você já me fez passar. Mas eu sei que é só porque eu te amo que me sinto assim, tão mal...
Eu odeio o fato de você só conseguir ser feliz quando tem alguém. 
Odeio saber que boa parte do que você me ensinou quando criança - que apesar de ser duro, sempre pareceu correto - hoje você ignora. Odeio saber que a sua coerência está a venda por um preço tão baixo.

Você diz que as minhas atitudes não condizem com a minha fé... Logo eu, que me calo para não gritar, me afasto para não sofrer, me isento para não interferir. Você toma decisões sem pensar em mais ninguém, e quando as pessoas tomam as suas próprias você se ofende! Aos 45'' do segundo tempo da vida, você parece ainda não entender a lógica da causa e consequência. Você ainda não entende que não pode controlar as pessoas.
Se vamos falar de incoerências, olhe para as suas!
Você criou um deus imaginário que é co-responsável pelas suas más escolhas. Você encontra propósitos onde não tem. Você viola mil leis, e ainda se acha no direito de me acusar pelos meus pecados.
Eu odeio ser privada de um tempo a sós com você, e ter que fazer cara de feliz pra não constranger ninguém.
Eu odeio me sentir envergonhada por não saber explicar às pessoas a lógica da sua escolha amorosa, e por não saber esconder minha insatisfação delas.
Eu odeio que você coloque o meu Deus como co-responsável de suas atitudes e escolhas, quando na verdade você, simplesmente, não O conhece, e O troca por ídolos no seu coração. E ainda me diz que ser cristão não é apenas ir a igreja... Eu que o diga!!! Quem deveria dizer isso era eu, pra você.
Eu quero gritar e te bater. Eu juro que te agrediria se isso não me fizesse sentir mais mal do que bem, se eu não soubesse que desagradaria a Deus. E então eu fico aqui, brigando com você na minha mente, dizendo tudo o que eu não posso dizer até cansar e ir dormir.

Afinal, tudo o que me resta agora é dormir.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Fora do sistema

Eu não consigo mais escrever em diários e agendas, embora sinta falta de fazê-lo. Talvez por isso eu não consiga postar muita coisa com a devida frequência.
Minha vida mudou bastante desde as últimas postagens. Dentre as mudanças mais significativas está o fato de que eu mudei de igreja.

Depois de quase 7 anos como membro da Sara Nossa Terra, eu decidi sair da minha zona de conforto e ir para uma igreja com a qual eu me identifique mais atualmente... Eu sempre soube que esse dia chegaria, e sempre orei para que Deus me guiasse a esse momento de forma pacífica, que eu tivesse a honra de sair de cabeça erguida, com lágrimas nos olhos e gratidão no coração. Fico feliz que Ele tenha me ajudado nisso, e aconteceu tal como eu sempre pedi.
Não vou mentir, dizendo que saí sem motivos, simplesmente porque "me deu na telha". Eu tenho motivos... Mas não pretendo fazer denúncia alguma, causar reboliços desnecessários. 
Quando eu olho para a SNT, vejo corações... Pessoas que querem dar a própria vida para uma causa, que julgam fazer o certo e que fazem muito com pouco. As pessoas mais comprometidas com a Sara Nossa Terra tiram do que é seu para dar a outros. 

O melhor dessa igreja são os servos, como em qualquer outra igreja de Cristo. Claro que muitos não são. Muitos se perderam no caminho e na vanglória. Muitos nunca aprenderam direito como deveria ser.
Não importa! Se hoje eu sou o que sou é porque fui auxiliada por esses corações... De uma forma ou outra, Deus usou diversos deles para me sustentar até aqui, e eu sou grata por isso.

Mas hoje, eu decidi que iria agradar a Deus mais do que a homens, deixando minha consciência ser canal aberto para o Espírito Santo de Deus me corrigir através da PALAVRA. E por isso, eu não vou mais me preocupar em me enquadrar no sistema, não vou limitar meus questionamentos e opiniões, mas vou me abrir a toda instrução bíblica, quer ela me agrade ou não.

E pensando nisto, cabe uma música:


Fora do Sistema
Resgate
  
Preciso ser mais louco pra entender
Eu quero perder pra encontrar
Quero ser mais forte ao enfraquecer
Quero deixar de ter pra ganhar

Eu quero ser mais menos
Eu quero ter paz

Eu quero estar louco
Eu quero estar certo
Fora do sistema
Longe eu caminho mais perto

Preciso diminuir pra Ele crescer
Preciso fugir pra me encontrar
Diferente do que todo mundo quer ser
Guardar a Fé até quando Ele voltar